Saltar para o conteúdo principal

Saúde

Consultas de Psicologia Clínica

Desde novembro de 2011, o município de Azambuja pretende, responder às dificuldades de pais/encarregados de educação no que concerne a problemáticas de comportamento e/ou de aprendizagem nas crianças e adolescentes, cujas idades se situem entre os 6 e os 18 anos. Os pedidos de ajuda prendem-se com problemáticas de comportamento, relacionais, de aprendizagem, entre outras.

As consultas são realizadas nas juntas de freguesia de Aveiras de Cima, União de Freguesia de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa.


Estágio Curriculares de estágios de psicologia clínica e de psicologia da saúde

Os estagiários participam ao longo do ano letivo em diversas atividades, projetos e ações no âmbito da saúde.


Parcerias – Desafio Não à Diabetes

No âmbito do Desafio Não à Diabetes, foram várias as entidades que elaboraram uma parceria em colaboração com a Fundação Calouste Gulbenkian tendo em vista a intervenção dos municípios no domínio da prevenção da diabetes, entre as quais o Município de Azambuja.

Esta iniciativa marca o arranque de uma campanha de sensibilização que irá incidir em redes sociais, farmácias, centros de saúde, juntas de freguesia e escolas, procurando disseminar ao máximo a sensibilização para os perigos da doença e incentivar o uso da calculadora online de risco de Pré-Diabetes.

A iniciativa tem como objetivo evitar 50.000 novos casos de Diabetes em 5 anos, através de um programa de alteração de estilos de vida baseado na alimentação saudável e na prática de exercício físico, e envolve de forma faseada cerca de 160 municípios ao nível nacional, entre eles o Município de Azambuja.

Numa parceria com a Unidade Coordenadora Funcional da Diabetes do Hospital do Hospital de Vila Franca de Xira e Centro de Saúde de Azambuja, tem sido desenvolvida diversas ações.

No dia Mundial da Diabetes do ano 2017, decorreram diversas atividades:

Ao longo do dia decorreram diversas atividades, entre elas a inscrição no portal do utente por duas funcionárias do Município, numa parceria com o Centro de Saúde de Azambuja, no âmbito do projeto Não à Diabetes. 

Foi realizada uma caminhada intitulada “Mexer nas Rotinas: Toca a Andar” – um percurso pedestre na Vila de Azambuja.

Foi realizado um showcooking, que se realizou no Centro de Saúde de Azambuja, com comida saudável a cargo do Chef Samuel Sousa:

Professor no agrupamento de escolas Fernão Pó – Bombarral.

Confecionaram uma ementa saudável, com uma entrada (creme de outono), um prato principal (courgette e beringela recheada com frango, cogumelos, queijo e orégãos) e uma sobremesa (leite creme de coco sem açúcar).

Foram oferecidos

No dia Mundial da Diabetes foi ainda realizada uma Palestra intitulada:

Como alterar comportamentos de risco e adotar um estilo de vida mais saudável; Importância do exercício físico.

Vamos dar continuidade e apostar na prevenção no âmbito de estilos de vida saudáveis e na promoção da saúde.

Com diversas entidades, parcerias, projetos e ações.


Projeto - IN_Dependênci@s

independencias edited

No âmbito do projeto dependência na internet, foi realizada uma parceria com o Instituto Universitário ISPA-IU, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT).

Foram realizadas ações de sensibilização e de formação ao longo do ano letivo 2016/2017.

Desta amostra fizeram parte os alunos que frequentavam o 3º ciclo de escolaridade (7º ano), dos Agrupamentos Escolares do Concelho.

Os participantes contribuíram para o presente estudo através do preenchimento de questionários realizado em sala de aula. O mesmo questionário foi aplicado aos seus pais / encarregados de educação.

No final do ano letivo, foi realizada uma palestra para todos os alunos e professores em Azambuja.

Nesta mesma palestra alunos e professores apresentaram os seus trabalhos realizados ao longo do ano letivo sobre as dependências on line.


Dia Mundial do Coração

Maio mes coracaoA Autarquia continua a aderir à proposta da Fundação Portuguesa de Cardiologia (membro da Federação Mundial do Coração) na dinamização do Dia Mundial do Coração.

O principal objetivo desta iniciativa é reforçar a importância da realização de atividades físicas e desportivas e de um estilo de vida ativo para um melhor coração e uma vida mais saudável, de acordo com as orientações da União Europeia.

A iniciativa visa:

- Mobilizar a população para um estilo de vida ativo, onde a atividade física, o exercício e o desporto estejam presentes na vida quotidiana da população;

- Aumentar o conhecimento dos benefícios na saúde, sociais e económicos da prática regular de atividade física moderada;

- Reforçar a importância da realização de atividades físicas e desportivas e de um estilo de vida ativo, para a manutenção de um coração e de uma vida mais saudáveis, e como forma de prevenção primária das doenças cardiovasculares;

- Promover a saúde, privilegiando a prevenção das doenças cardiovasculares, que constituem a principal causa de morbilidade mortalidade e incapacidade de longa duração da população portuguesa.


Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis

A Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis é uma associação de municípios que tem como missão apoiar a divulgação, implementação e desenvolvimento do projeto Cidades Saudáveis nos municípios que pretendam assumir a promoção da saúde como uma prioridade da agenda dos decisores políticos.

Constituída formalmente em 10 de outubro de 1997, a Rede desenvolve a sua intervenção tendo por base as seguintes linhas orientadoras:

- Apoiar e promover a definição de estratégias locais suscetíveis de favorecer a obtenção de ganhos em saúde;

- Promover e intensificar a cooperação e a comunicação entre os municípios que integram a Rede entre as restantes redes nacionais participantes no projeto Cidades Saudáveis da Organização Mundial da Saúde (OMS);

Porque trabalhar em rede significa, entre outras coisas, potenciar as parcerias existentes, a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis consolida-se no alargado leque de parceiros locais existente em cada município saudável português.

São parceiros:

OMS - Organização Mundial de Saúde

DGS - Direção Geral da Saúde

Escola Nacional de Saúde Pública

Instituto de Geografia e Ordenamento de Território


Rastreio do Cancro da Mama


Rastreio cancro mamaO concelho de Azambuja recebeu desde 2010, e pela primeira vez, uma unidade móvel da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

O Programa de Rastreio de Cancro da Mama (desenvolvido em estreita colaboração com os Cuidados de Saúde Primários) utiliza unidades móveis que se deslocam de 2 em 2 anos aos concelhos e unidades fixas. São enviadas cartas-convites às mulheres em idade rastreável (50-69 anos) inscritas nas Unidades de Saúde para realizar uma mamografia (exame gratuito).

O Programa de Rastreio de Cancro da Mama é dirigido a mulheres assintomáticas (que não apresentam sintomas) com idade compreendida entre os 50 e os 69 anos e consta na realização de uma mamografia cada dois anos.

A iniciativa, gratuita para todas as utentes, resultou da colaboração entre o município, as Juntas de Freguesia, o Centro de Saúde e as suas extensões.

Esta ação, tal como as consultas de aferição em Lisboa, insere-se na intervenção do Núcleo Regional do Sul (NRS) da Liga Portuguesa Contra o Cancro, integrado no Plano Oncológico Nacional e no Programa Europeu Contra o Cancro.

Todas as mulheres residentes no concelho de Azambuja com idade compreendida entre os 50 anos e os 69 anos, são convidadas a participar.No ano 2016, 1281 participaram, ou seja, 38% da população convidada.




voltar ao topo