Saltar para o conteúdo principal
Teste

Contentores Subterrâneos

 

 

Com a entrada em funcionamento de nove ilhas ecológicas, num total de 14 contentores subterrâneos, as ruas do centro histórico da sede do Concelho ganharam mais espaço e mais higiene. Por um lado, foi bastante reduzido o número de contentores na via pública, que em muitos casos acabavam por condicionar a circulação pedonal, e, por outro, os novos depósitos praticamente eliminaram os maus cheiros nas ruas contempladas.

 

As infra-estruturas deste processo de recolha de RSU foram criadas aquando das obras do Programa “POLIS – Recuperação da Vila de Azambuja”. Esta infra-estrutura consiste numa caixa escavada no solo onde é instalada uma cuba de betão, estanque e impermeável. É nessa cuba que se encontra inserido o contentor, com uma capacidade de 3m3 (3.000 litros). À superfície, o munícipe encontra um marco metálico (tipo marco de correio) com cerca de 1 metro de altura, bastando-lhe abrir a tampa, depositar o saco de lixo e voltar a fechar a tampa.

 

A campanha de informação desenvolvida pelo Município de Azambuja, para além de fazer a divulgação desta nova forma de recolha de RSU, sensibiliza os munícipes para a redução da produção de resíduos através de dois apelos: separar os resíduos recicláveis (papel, cartão, plástico, metal, vidro, pilhas e óleos alimentares usados) e colocá-los no ecoponto mais próximo, e – a quem tiver habitação que o permita – que faça a compostagem dos resíduos orgânicos (cascas e restos de legumes e vegetais, resíduos da limpeza de jardins, etc). O AMBIENTE AGRADECE!

voltar ao topo