Saltar para o conteúdo principal
Teste

Pegada Ecológica

Pegada ecológica
O conceito de Pegada Ecológica foi inicialmente desenvolvido em meados da década de 90 do século passado, e pretende ser um indicador de sustentabilidade ambiental dos territórios, comparando a utilização dos serviços e recursos naturais com a capacidade que a natureza tem para efectuar a sua reposição.
A Pegada Ecológica foi criada para nos ajudar a perceber a quantidade de recursos naturais que utilizamos para suportar o nosso estilo de vida, onde se inclui a cidade e a casa onde moramos, os móveis que temos, as roupas que usamos, o transporte que utilizamos, o que comemos, o que fazemos nas horas de lazer, os produtos que compramos, entre outros.
Por outras palavras, a Pegada Ecológica traduz em hectares a área de terra e água que em média um cidadão ou sociedade necessitam para suportar as suas exigências diárias.
Regra geral, quanto maior o desenvolvimento tecnológico de uma sociedade maior será a sua pegada ecológica.
Como se calcula
O cálculo tem por base diferentes categorias de consumo, como sejam a alimentação, a casa, os transportes, os bens de consumo, a energia, a água, entre outros. Este consumo é convertido em área bioprodutiva, segundo várias parcelas de terreno (terra e mar) necessárias para produzir/repor os recursos utilizados e assimilar os resíduos e os poluentes produzidos por uma dada unidade de população. A conversão dos consumos em áreas bioprodutivas recorre a uma tabela específica segundo a seguinte tipologia:
Área arável: superfície agrícola destinada à produção de bens alimentares
Área de energia fóssil: corresponde a uma área virtualmente necessária para absorver as emissões de CO2 resultantes da queima de combustíveis fósseis.
Área de pastagem: área dedicada a pastos, de onde se obtêm determinados produtos animais como carne, leite, pele e .
Área de bosques - superfície ocupada pelos bosques, de onde advêm principalmente produtos derivados da madeira, utilizados na produção de bens, e também combustíveis como a lenha.
Área de mar – A superfície marinha biologicamente produtiva aproveitada para a obtenção de pescado.

Como reduzir a sua Pegada Ecológica
Pode reduzir a sua pegada ecológica adoptando alguns dos comportamentos sugeridos, e que permitiram reduzir a quantidade de recursos necessários para suprir as suas necessidades diárias:
Reduzir o consumo energético de sua casa. Isto pode ser feito de várias formas, melhorando o isolamento térmico (vidros duplos por exemplo), utilizando aparelhos eléctricos e electrónicos de baixo consumo, etc.
Preferir produtos alimentares regionais (os produtos alimentares importados têm um grande peso em termos da emissão de dióxido de carbono);
Utilizar meios de transporte mais eficientes em termos de consumo de combustível
Minimizar a produção de resíduos sólidos
Reduzir o consumo de água, etc

Para que tenha uma ideia do impacto que o seu estilo de vida tem sobre o ambiente poderá calcular a sua pegada ecológica no seguinte link: footprint.wwf.org.uk


 

voltar ao topo