Saltar para o conteúdo principal
Teste

Rede de Oleões

O Município de Azambuja instalou uma rede de 31 Oleões, distribuídos por todas as Freguesias do Concelho, para deposição de óleos alimentares produzidos pelo sector doméstico.

 

Os Óleos Alimentares Usados (OAU) recolhidos serão obrigatoriamente destinados à produção de produtos na área dos biocombustiveis (biodiesel) ou na área química (caso não apresentem a qualidade mínima necessária para valorização ao nível dos biocombustiveis).

 

Este sistema de recolha selectiva, é semelhante aos existentes para o papel, plástico, vidro e pilhas e apesar de ser doméstico também pode ser utilizado pelo sector da restauração.

Para se ter uma ideia das dimensões do problema, as estimativas relativas à produção de óleos alimentares usados em Portugal, variam entre as 80.000 e as 125.000 toneladas anuais. No Município de Azambuja a estimativa realizada, indica que sejam produzidas todos os anos aproximadamente 200 toneladas de OAU.

 

A utilização deste equipamento vai solucionar o problema das descargas nos sistemas de drenagem municipal e a potencial contaminação dos solos e da água como permitirá igualmente o aproveitamento de um recurso facilmente valorizável. Operacionalmente, permite a deposição de garrafas e garrafões com o óleo a reciclar. A geometria do bocal evita a entrada da água da chuva e a saída de odores do Oleão.

A selecção de um equipamento com um volume de deposição adaptado, (500L) às quantidades de resíduo produzido nas Freguesias do Concelho é também um aspecto importante, de modo a evitar períodos prolongados de permanência do OAU, no interior dos Oleões evitando a formação de odores desagradáveis.

Os critérios utilizados para a selecção dos pontos de recolha dos Óleos Alimentares usados foram os seguintes: população servida por equipamento; facilidade de acesso por parte da população; potencial de produção de resíduo, na área seleccionada; facilidade de recolha do resíduo depositado no equipamento e localização dos ecopontos instalados.

 

Refira-se que a recolha dos óleos alimentares usados depositados, será realizada por uma empresa devidamente licenciada, especializada na recolha e deste resíduo.


A título de contrapartidas pela recolha de OAU depositados nos “Oleões” do Município de Azambuja, a empresa responsável pela recolha vai entregar uma das seguintes ofertas: Oferta de 300 afia-lápis em forma de “Oleão”por cada 4 toneladas de óleo recolhido, a distribuir nas escolas do Município; Oferta de 300 ímans com forma de “Oleão” por cada 2 toneladas de óleo recolhido, a distribuir nas escolas do Município; Oferta de uma cadeira de rodas ou outro equipamento indicado por cada 3 toneladas de óleo, a entregar numa das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) existente no Município.


O investimento rondou os trinta e nove mil euros.
O Município de Azambuja apela à adesão de toda a população. de Oleões

 

 

» Localização Oleões

voltar ao topo