Saltar para o conteúdo principal
Teste

1300 Crianças passaram “Um dia no campo” para aprender a proteger o ambiente

A iniciativa decorreu no passado dia 13 de junho, no futuro Parque Ambiental (viveiros do ICNF, em Aveiras de Baixo)


O Município de Azambuja organizou a edição 2019 da atividade “UM DIA NO CAMPO…”, no passado dia 13 de junho. A iniciativa contou com a presença de cerca de 1300 crianças do Concelho de Azambuja e decorreu nos antigos viveiros do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), na Estrada Nacional 366, junto a Aveiras de Baixo.

O jornal Valor Local associou-se ao evento municipal, com uma cerimónia de entrega de diplomas do concurso lançado às escolas da região “Como poupar água e proteger o Ambiente, reciclando”. O Secretário de Estado do Ambiente – Dr. João Ataíde, marcou presença em ambas as iniciativas.

A autarquia envolveu nesta ação “Um Dia no Campo” cerca de 1300 participantes, entre crianças do ensino pré-escolar, do 1º ciclo e de vários centros ATL, bem como dos utentes da Cerci-Flor da Vida e da UTICA- Universidade da Terceira Idade de Azambuja. Na organização da atividade, os serviços municipais contaram com a colaboração de várias entidades que apresentaram ateliês com informação e experiências relativas à proteção da Natureza e à adoção de hábitos de vida mais saudáveis e ecológicos.

Os grandes objetivos desta ação integram-se na política de educação ambiental do município. Pretende-se contribuir para a defesa e valorização das florestas, da agricultura e do meio ambiente; bem como motivar os cidadãos, sobretudo os mais jovens, para o uso racional dos recursos naturais.

Além de assumir a organização, a Câmara Municipal de Azambuja teve uma participação ativa com vários ateliês. Houve uma piscina de peixes e o espaço “DiscoKids”; os ateliês “Ciência ou Magia”, “Educar para Integrar” e “Jogar às Estações do Ano”; e a equipa das bibliotecas municipais esteve presente com a BICA-Biblioteca Itinerante do Concelho de Azambuja. Estiveram, também, presentes a Universidade da Terceira Idade com “Areias mágicas” e “O Cantinho das Artes”; e a Equipa de Intervenção Comunitária com “Piratas do Tejo: limpar o rio e salvar a bateira”. Houve, ainda, atividade física com o projeto PAFT pré-escolar, e não faltaram os Sapadores Florestais do Município, como empenhados “Ajudantes da Natureza”.

A iniciativa contou com um grande conjunto de entidades parceiras, com áreas de atividade ligadas ao Ambiente, e que as apresentaram nos seus ateliês:

ICNF-Instituto de Conservação da Natureza e Florestas – O Jogo da Glória

Bombeiros Voluntários de Alcoentre e de Azambuja – Os Soldados da Floresta

Cruz Vermelha / delegação Aveiras de Cima – Prevenção da exposição solar

Guarda Nacional Republicana – Os protetores da Natureza

Sapadores Florestais – Os ajudantes da Natureza

EcoAmbiente – Separar para ajudar o ambiente

Suma/Triaza – Zoorbanidade

Valorsul – Compostar para o planeta ajudar

Agrupamento de Centros de Saúde, Estuário do Tejo – Primavera/Verão com mais saúde

Ordem dos Farmacêuticos – autocarro Geração Saudável

Centro Social Paroquial de Aveiras de Cima – Construção de moinhos de vento

Herdade da Hera – jogos tradicionais e pinturas

Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Vale-Aveiras

Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Azambuja

Alunos do curso Turismo Ambiental e Rural – Espaço relax

Cerci-Flor da Vida de Azambuja – ateliê de fotos Reflorestação

Gertal, refeitórios escolares – Distribuição de sumos de fruta frescos

Águas de Azambuja – Águas de Azambuja naturalmente para si

Berrygood – distribuição de frutos vermelhos

Casal Caracol - exposição

Palco da Ciência – Laboratório de plantas

voltar ao topo